03
Out 14

Consta e parece ser verdade que metade de Vila Viçosa se encontra em risco de ser processado pelo senhor presidente Manuel Condenado. Cada vez que é interpelado por alguém, especialmente em assembleia municipal e quando não gosta do que lhe perguntam ameaça com processo em tribunal. A melhor solução é os membros da Assembleia Municipal não falarem e os munícipes não perguntarem nada. É a nova Lei da Rolha imposta pelo senhor presidente que não pode ser incomodado por ninguém, como o senhor ministro da saúde também não queria ser incomodado pelos médicos.

Agora os jovens de Vila Viçosa são bebedolas e drogados no dizer do senhor presidente da câmara, que o disse alegremente na última sessão da assembleia municipal, provávelmente esqueceu-se de que tem um filho. Também será??

O vídeo sobre as festas dos capuchos assenta-lhe que nem uma luva, a imaginação de quem o fez é fértil mas foi certeira ao retratar com fidelidade as características pessoais e psicológicas do senhor presidente da câmara e de quem o acompanha que servem cegamente.

Daí a pergunta: O senhor Presidente anda bem?


25
Nov 11

Passado algum tempo sobre a recambolesca saída do Vice-Presidente Chagas da Câmara Municiapl de Vila Viçosa, é altura de fazer a análise de quem ganhou e quem perdeu.

É minha opinião que quem perdeu foi o Municipio de Vila Viçosa. Basta olhar para o que se passa na actividade da Câmara, como as coisas se desenrolam, para verificar o que se passa no Reino do Eng. Roma.

Não há obras, não se vê actividade, pelo que consta cada um faz o que quer e sobra tempo para fazer outras coisas.

A grande obra/projecto continua a ser a Ópera em Pedreira, abandonou-se a Biblioteca por falta de fundos, apesar de haver financiamento e o senhor Presidente ter dado inicio à obra que sempre defendeu, mesmo contra as vozes que a ela se opunham.

Para muitos é o descrédito total duma gestão prometida de viragem para as grandes obras e necessidades do Concelho. Estamos a mais de metade do mandato e de facto constata-se uma ineficácia confrangedora. O que é uma pena.


16
Mar 11

Lembram-se?? Quando no post anterior disse que o Presidente e o Vice-Presidente andavam de costas voltadas??

Bom é pior do que se pensava e das informações que tinha. Bem pior.

A Câmara aprovou com os votos do PS e da CDU uma proposta da CDU para se fazer um saneamento financeiro por causa das dividas da Câmara. Nada teria de especial se essa deliberação não tivesse sido tomada nas costas do Presidente Roma. Quando o Presidente Roma se apercebeu deu um ultimato ao Dr. Chagas para sair de Vereador e deixar os pelouros que tem. Uma coisa do género: OU SAIS TU OU SAIO EU.

Não sei quem vai ganhar esta guerra se o Eng. Roma se o Dr. Chagas. Uma coisa é certa: quem já está a perder é Vila Viçosa.

Quem também se deve estar a rir é quem deixou a Câmara nesta miséria, segundo dizem os socialistas: a CDU.

A Comissão Politica do PS cujo Presidente é o Dr. Chagas está à hora que escrevo este post, reunida para analisar a situação e decidir quem sai da Câmara, se o Presidente se o Vereador, tudo depende se o Dr. Chagas obtém dos seus camaradas de Partido um voto de confiança politico, segundo adiantaram fontes socialistas.

Vamos ficar sem o Presidente ou sem o Vice-Presidente??

Quem quer arriscar um prognóstico??

A população que deu o seu voto de confiança ao Partido Socialista nas eleições sai defraudada porque pensava estar a votar na mudança.

Mas ao fim de um ano e meio a confusão está instalada na Câmara, não se sabe quem manda ou quem vai mandar.

Infelizmente para todo o Concelho vamos estar parados por mais quatro anos.


25
Fev 11

Corre há uns tempos que  o senhor Presidente da Câmara de Vila Viçosa e o seu Vice-Presidente andam de costas voltadas no que à gestão da Câmara diz respeito. Neste momento não é um boato. É uma realidade.

Práticamente o Presidente e o Vice-Presidente não se falam nem se entendem quanto à forma de gerir a Câmara. Cada um puxa a brasa à sua sardinha e quem sai prejudicado é o Concelho, que como se vê, não há obras municipais em curso e o Concelho encontra-se completamente parado, segundo as informações recolhidas é fruto deste desentendimento politico.

O que será do nosso Concelho se esta guerra por quem manda mais continuar até ao fim do mandato??

Como é possível que um executivo com maioria absoluta deia tantos tiros nos pés que se encontra coxo e já sem forças apenas a um ano e dois meses de mandato. Impressionante de facto. A pergunta que se impõe é saber a razão de tudo isto.

Serão guerras pelo poder?? O partido socialista manda mais que o Presidente. O Presidente não tem poder, nem forças para se impôr?? Não tem capacidade politica de se impor às directivas de um partido sacrificando aquilo porque se candidatou que foi Vila Viçosa??

Ou é apenas uma estratégia do Partido Socialista de terra queimada??

Aqui fica a noticia que é verdadeira. Basta para quem tiver interesse em confirmá-la perguntar ou averiguar junto de algumas pessoas da Câmara.

 


21
Jan 11

É verdade. O municipio de Vila Viçosa tem uma divida a curto e médio prazo que está muito perto dos 10 milhões de euros.

Por isso não se compreende bem porque é que a Câmara Municipal de Vila Viçosa, continua a contratar funcionários, gastando o pouco dinheiro que tem a fazer favores a quem prometeu emprego nas últimas eleições, endividando-se ainda mais e pondo as gerações futuras a pagar essa factura.

Será que é justo gastar o dinheiro a pagar essa factura quando o dinheiro não chega para resolver os problemas da água, da educação, do turismo e da criação do emprego para os jovens.

Alguém disse que não se dá um peixe para comer, ensina-se a pescar. Não se dá emprego às pessoas para que depois votem em quem o dá, cria-se é condições de desenvolvimento económico para que esse desenvolvimento crie o emprego estável e duradoiro. Isso é que é trabalhar a favor do emprego e do desenvolvimento, dando liberdade de pensamento a quem trabalha.

Esta reflexção resulta das noticias conhecidas de novas entradas de funcionários na Câmara Municipal de Vila Viçosa.

Há bem pouco tempo o Dr. Chagas em representação do Municipio de Vila Viçosa disse que as receitas mensais da Câmara Municipal são inferiores à despesa em cerca de 150.000 euros.

Ou esta afirmação é falsa para enganar os municipes ou a entrada de funcionários mais afundará os cofres da Câmara e a consciência do executivo nesta matéria não existe ou então não esperam fazer nada neste mandato, esbanjando o dinheiro ganhando votos para as próximas eleições.

É esta a politica certa para o Concelho de Vila Viçosa e para as suas gentes??

Ou a Câmara Municipal de Vila Viçosa não sabe o que fazer à vida??


Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2014

2013

2012

2011

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO