17
Jan 11

As associações culturais, desportivas e recreativas vão morrer em Vila Viçosa. A sua independência de concretizar projectos e actividades vão ficar subordinadas ao superior interesse da Câmara Municipal e da sua estratégia para o Desporto e Cultura. De fora ficam as associações meramente recreativas sem competições regionais ou nacionais. Também ficam de fora grupos de cidadãos organizados para determinada actividade que não seja competir.

A Câmara também pretende meter-se no funcionamento das associações indicando mesmo o números  de treinos dos atletas por semana ou regulamentando os naturais e residentes que devem fazer parte das equipas que fazem competição como o Calipolense, que têm de ser 70% dos atletas se não não têm subsidio, inclusivamente devem treinar durante 8 ou 10 meses pelo menos duas vezes por semana.

Não se podem criar mais associações desportivas em Vila Viçosa, a Câmara já diz a quantas dá subsidios nas várias acções. Está claro que a Câmara só dá subsidios a associações desportivas e culturais se as actividades propostas forem do seu interesse e se com ela foram organizadas.

Com esta fórmula as associações deixam de prosseguir os seus objectivos e planos para subordinar as suas actividades ao interesse da Câmara.

É o controle total do desporto, da cultura e recreio em Vila Viçosa.

As associações vão passar a perguntar à Câmara o que têm que fazer para ter uns dinheiritos, em vez de perguntar aos seus associados em discussão livre e independente entre eles.

Duvida??

Leia a proposta de Regulamento para as Associações que está no sitio da Câmara Municipal e se ler com atenção vai-se verificar que é assim mesmo. 


Não vejo o porquê das associações terminarem, penso sim que é uma boa medida deste executivo, porque até agora as Associações Desportivas, Culturais e Recreativas faziam o que lhes bem apetecia somente com apresentar uma carta. Agora estão obrigadas a fazer um plano normal (conforme acontece em quase todas as autarquias deste país), de forma a puderem ter o apoio que tanto pedem, mas que nunca lhes é concedido. Assim, são obrigados a puxar pela cabecinha para fazer as coisas bem feitas, direccionadas e com alguma lógica.
Contudo, vejo que irão morrer algumas associações (como é óbvio), pois as mesmas não passam de "chupadores" de subsídios da camara para encher os bolsos de alguns.
Eu a 18 de Janeiro de 2011 às 12:32

Em primeiro lugar endereço os meus parabéns ao autor do blog.
Parece ser um blog sério e não um blog oco de ideias.
PARABÈNS!

Em relação ao post, penso que as associações devem "prestar contas" à Câmara, uma vez que recebem verbas desta, ou seja de dinheiros públicos.
Agora, acho exagerado a Câmara intrometer-se na organização das associações e entidades que recebem essas verbas. Cabe a essas entidades organizarem e gerirem os seus recursos.
É um pouco contraditório a Câmara ter esta tomada de posição, pois o Eng. Roma defendeu na rádio, em campanha eleitoral, que a Câmara não deve controlar as associações e entidades que recebem subsídios. Defendeu, também, que as entidades devem ser responsáveis por si próprias e que iria acabar com determinados subsídios, que segundo ele parecem "esmolas".
Curiosamente, agora executa exactamente o contrário, tenta manipular as entidades e atribui em alguns casos mais subsídios.

Cumprimentos




BY: Realista a 18 de Janeiro de 2011 às 14:22

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
18
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2014

2013

2012

2011

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO